quinta-feira, 20 de junho de 2013

IBOV rumo aos 36k?


Relembrando um pouco análise técnica subjetiva tracei alguns objetivo para o IBOV tentando projetar um fundo importante. Utilizei figuras e simetrias.

Perdemos um M bem importante, melhor visto no semanal:







E projetando a perna maior pra baixo a partir do fundo perdido (a base do M) percebemos uma parada na região de FIBO 0,382 onde houve uma congestão no gráfico Diario entre os dias 12 e 18 de Junho, para enfim perder esta região ontem (19/Junho).

O próximo objetivo intermediário é a projeção de FIBO 0,618 em +- 45k (pode alcançar hoje enquanto escrevo já está em 46,5k...). Talvez dê uma nova respirada por alí e se também perder devemos buscar a projeção completa entre 41k e 42k.





E pela simetria do movimento anterior, utilizando o mesmo M como referência. Caso não tivesse perdido o fundo, a simetria estava muito bem desenhada, jogando um objetivo para o topo de 2012 em 67k - 68k.





Mas como foi perdida pode acontecer de cumprir a simetria invertida.... para baixo...

O que levaria nosso IBOV para os 36k - 37k !!! lol!!!

E pela simetria no tempo tivemos 180 dias úteis entre o topo de 2012 e seu eixo central.
Projetando esse tempo para o objetivo seria mais 30 dias úteis a partir de hoje, o que daria no final de Julho, início de Agosto. 

Pelo primeiro estudo com a projeção do M isso corresponde à região da projeção FIBO 1,618.


Juntando tudo:

Não gosto de gráfico mensal, utilizei abaixo somente pra visualizar melhor alguns pontos de suporte. Juntando as duas projeções, a do M em fúcsia e da simetria em amarelo podemos perceber algumas regiões semelhantes onde podemos esperar algum suporte importante.





Detalhe: quanto maior o período analisado é mais difícil acertar onde iniciar os pontos pra traçar o FIBO, se pelas sombras ou corpos dos candles, se pelo semanal ou Diario, etc...
O mais importante é pensar nos objetivos como regiões onde pode ser formado um fundo.
Fundo do ano? Em 31 de dezembro eu respondo...rsrs


Meu palpite é fundo do ano nos 36k - 37k para final de Julho, início de Agosto.



E pra que serve tudo isso?
Pretendo utilizar este estudo pra direcionar minhas compras da seguinte forma:


1)Por enquanto vou rebalanceando a grana (muita grana) que está entrando com o HEDGE comprando BOVA11 pra não deixar dinheiro parado. Lembrando o post: PRÁTICA 1 .

* Quanto maior o posicionamento na carteira, maior a rentabilidade conforme o HEDGE DIRECIONAL vai dando certo. Então enquanto não tem nada gritando pra ser comprado, vou de BOVA11.



2)Caso ocorra um sinal forte na região esperada de fundo vou encerrar os BOVA11 mais alguma grana que estiver em caixa, mais algum ativo que queira tirar da carteira por não atender mais meus critérios fundamentalistas. E comprar ativos que estão na minha lista.

Talvez seja a minha chance de:
- entrar mais barato em: Natura, Cielo, CCR, Totvus, Hbor, Direcional, Comgas... 
voltar pra Multiplus, Sabesp, Vivo, Bradesco, Itau...
- aumentar Ambev, Gerdau...
- e quem sabe apostar num "turn around" da Petrobras e OGX!!!




E se não acontecer?
São apenas elucubrações...  se o cenário não ocorrer, não ocorreu!
Mas SE ocorrer será uma boa oportunidade. Só isso...


O que importa não é se você está certo ou errado, mas sim quanto dinheiro você ganha quando está certo e quanto você perde quando está errado." (George Soros)"



SDS

46 comentários:

  1. E ai Rocky como vai?
    Gostaria de saber como está a rentabilidade do seu método nesse ano com toda essa queda.
    Também gostaria de saber como o sistema de HEDGE se saiu na crise de 2008.
    Obrigado.

    Tassio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi tassio!

      Enfim tivemos um período mais direcional e maio e junho foram ótimos pro meu setup e conseguiu proteger quase 10 mil pontos.
      E como a carteira não caiu tudo isso ela ainda se valorizou um pouco. E ainda entraram alguns dividendos.
      Com o rebalanceamento de toda essa grana é quando voltar a subir que a rentabilidade vai aparecer.

      Lembrando: queremos ficar travados nas quedas e acompanhar o IBOV de perto nas altas, porém essa alta é potencializada com o rebalanceamento, já que teremos muito mais ações.

      Na virada do semestre vou atualizar a página da carteira.

      Abrc

      Excluir
    2. Faltou o detalhes: 10k pts em mai e junho até este momento, contando o hedge em aberto, atualmente somando 2k pts nos 8k que já estão garantidos na conta ou nos BOVA.
      Talvez encerre no 0x0, talvez mais lá embaixo...

      Excluir
    3. Oi novamente Tassio! Faltou responder sobre 2008.

      Não estava operando o método ainda mas nos backtests os resultados foram ótimos também. Não estou com os dados aqui pra responder exatamente, mas mesmo com o crash o resultado foi acima de 50% no ano.

      Isso foi possível graças aos movimentos bem definidos e pernas longas tanto de queda quanto de alta.

      SDS

      Excluir
  2. Mas então porque não encerrar tudo e recomprar lá no seu fundão?
    A exposição não seria muito menor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Putz Anônimo! Ainda ... responda essas primeiro depois de uma passeada pelo conteúdo do blog.

      Mas e se não cair? E se o DJi continuar subindo e nos puxar juntos?
      E se o dólar for pra R$10,00?
      E se a Dilma cai e o Eike vira presidente? Já pensou o regaço na bolsa com tanta maracutaia?
      Quantas perguntas idiotas, não?


      Agora falando sério. Tem que primeiro saber responder o que quer para seu portfólio de investimentos:

      É TRADE ou INVESTIMENTO?

      É patrimônio ou capital alocado à risco?

      Longo prazo ou especulação?


      O método que proponho e venho utilizando é uma maneira de proteger a carteira de investimentos nas quedas sistêmicas e ter um ganho potencializado nas altas após o rebalanceamento.

      Nele eu prefiro ficar "exposto" sendo sócio-proprietário de boas empresas que dão lucros.

      O fundão que estou esperando é pra aproveitar algumas oportunidades de entrada. Simples assim.
      E se não ocorrer? Sigo com a carteira bem montada, sem gira-gira.

      Sei que não é fácil, mas é a melhor forma que encontrei pra rentabilizar patrimônio em treze anos de mercado financeiro.

      SDS

      Excluir
  3. Legal, racionalmente essa análise tem todo sentido.

    Maaaasss... falando sério, como um cara já rodado do mercado... vc acredita realmente, de coração, que o ibov vai cair MESMO pra região dos 36K?

    Abs
    Pobre Paulista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi PP! Pior que acho!
      Foi enorme o estrago que o atual governo fez na confiança do investidor, principalmente o estrangeiro. Vamos aguardar.

      Abs e obrigado pela participação.

      Excluir
    2. Salve! Por enquanto o IBOvão etá seguindo seu script do M projetado.
      Sambou no 0.382, sambou no 0.618 e agora repica com baixo volume ontem e hoje.
      Muito difícil passar do nível anterior = região dos 48,8k.
      Boa hora pra abrir novamente o hedge?

      Abs

      João Maia

      Excluir
    3. Oi João! Viu só? Bruxaria esse Fibo...rs

      Encerrei o hedge lá embaixo perto do nivel de FIBO e já reabrí quando chegou na mme72 virada pra baixo, e continuo assim até fechar candle acima dela e virar pra cima.
      Se isso ocorrer muito provavelmente vai na região que você citou, aí seria um ponto excelente pra abrir novamente, só aguardar um candle de reversão baixista por ali.

      SDS

      Excluir
    4. Caro rocky, tudo bem?

      Estou com uma dúvida justamente neste ponto. Se você puder me ajudar!!!!

      Você encerrou o hedge lá em baixo e esperou chegar na mme72 para abrir novamente. Beleza!!!! E se der uma subida, não voltar na MME72 e continuar a cair. Em que ponto você entra novamente no hedge? Seria na perda da mínima do candle que você havia encerrado anteriormente? E se este candle já estiver com fechamento abaixo do envelope -3?

      Desculpe pelo "e se", mas foi justamente o que aconteceu comigo e fiquei sem saber como proceder.

      Desde já agradeço sua atenção.

      Um abraço,

      Eduardo

      Excluir
    5. Blz Eduardo!

      Encerrei lá embaixo contra a tendência na expectativa de um toque na MME72. Correto.
      Caso a expectativa não se confirmasse a reentrada seria muito próxima do candle que me sinalizou a saída, normalmente o fundo anterior.

      O que ainda estaria caracterizando um pivot de baixa num prazo maior.

      Mas como essas saídas CT são bem subjetivas se no meio do camimho surgir um candle de reversão, uma mph, uma dor de barriga qualquer, a média principal deve prevalecer.
      IDem o que disse mais abaixo: na dúvida vale a regra principal da tendência (seja por qual for o setup escolhido).

      Abrc

      Excluir
  4. Pessoal boa tarde !
    Ja participei de alguns topicos deste blog e gostaria de enfatizar o seguinte:
    Sou gestor de carteira de terceiros credenciado pela CVM e acompanho este blog a algum tempo.
    Existe uma coerencia incrível neste método, aliás, ele não foi inventado agora, já é utilizado por muitos fundos mundo afora.
    Para pessoas com pouca experiencia na mercado financeiro, sugiro aproveitar o conhecimento fornecido gratuitamente pelo nosso amigo Rocky e procurar entender os conceitos antes de procurar baixar o nivel das discussões.
    Seu bolso agradece!
    Se sentir falta de trades, faça alguns com pouco dinheiro pra passar o tempo.
    Com re-buy, senão vai ficar de fora da mesa.
    Bons investimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Nelson! Obrigado pela força!

      Abrc

      Excluir
  5. Legal o post Rocky.
    Continua fazendo o HEDGE pelo setup do Envelope63?
    Se sim, tem como postar umas imagens de entradas e saídas pra gente?
    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anônimo! Sim, continuo. Mas agora é 72 com oexpliquei um temp oatras.
      As imagens de 2012 estão no twitter.

      SDS

      Excluir
  6. Gostaria de comentar sobre os resultados que obtive nos ultimos 2 meses com uma carteira de 100 mil reais utilizando este método.
    em maio o retorno foi de +1,15% contra -4,30 do IBOV
    em junho até hoje estamos com +0,8% contra -12,60% do IBOV
    Isso sem contar os dividendos que estão entrando na conta.
    o caixa está com 15 mil reais pois o hedge foi aberto em 28/05 aos 56000 pontos seguinto a mme nos 60'. quando ela ameaçar virar pra cima, vou sair comprando tipo feira depois do meio-dia, tudo na promoção, e zerar o hedge.
    Rocky, nestes 2 meses não tivemos movimentos de alta, de onde devem vir os lucros maiores, essa queda deve abrir espaço para uma boa alta em breve, vamos aguardar.
    Estive pensando em algo do tipo:

    P = ( Q x V ) + d

    Onde:

    P = patrimonio
    Q = Quantidade de ações
    V = Valor da ação
    d = Dividendos

    Para calcular o patrimonio, multiplica-se a quantidade de ações pelo valor de cada ação, e todos os meses somam-se os dividendos distribuidos pelas empresas.

    Na queda, aumentamos o Q pois compramos mais;
    Na alta aumentamos o V pois os preços sobem;
    E SEMPRE estamos somando os dividendos que são distribuidos para os donos das ações.

    Portanto, estamos sempre aumentando o P ( patrimonio ).

    Basta disciplina e paciencia.

    Um abraço

    Nelson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Blz Nelson! Gostei da fórmula, assim fica mais didático.
      E a essência do método você descreveu bem: o Patrimônio está sempre aumentando.

      E quanto antes rebalancear, mais cedo vai aproveitar o efeito dos juros compostos na carteira. Pois na medida que o hedge vai dando certo serão mais ações, mais minis pra proteção, e maior o crescimento nas pernas de alta.

      SDS

      Excluir
  7. Nelson, cada dia que passa, me convenço mais de que o Hedge é realmente uma forma bem interessante de operar o mercado.
    No seu post acima, apenas complementaria seu raciocínio considerando os trades negativos no índice.
    Nem todas as operações de hedge serão positivas afinal não existe hedge que cubra sempre 100% da carteira.

    Logo, "na queda aumentamos o Q pois compramos mais" pode não ser bem assim, concorda?

    Fatalmente, se você dispuser de financeiro líquido, este será reduzido. Se você não possuir financeiro líquido para bancar o "stop" da venda do índice, ou terá que fazer aporte ou terá que se desfazer de parte da carteira.

    bom dia a todos!

    ResponderExcluir
  8. Alquimista, saudações.

    Como estamos falando de renda variavel, e em um mercado muito lateral onde você acaba montando e desmontando o hedge até que uma tendência seja definida, pode ocorrer de uma alta forte e você precisar de caixa para cobrir a venda do indice, este 'caixa' deve fazer parte da carteira. Então eu deixo 5% da carteira em dinheiro ( CDB D+0 ) para os ajustes diários. Em casos extremos pode-se até vender alguns ativos que tiveram forte alta para cobrir, mas tratamos isto como excessão.

    O Importante é aumentar o patrimônio da carteira, independente de quais das 3 variáveis foram as responsáveis.

    Legal a sua colocação, se estiver fazendo alguma coisa diferente por favor compartilhe conosco.

    Um abraço.

    Nelson.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que prazer sua resposta Nelson!

      Em tempos de "manifestações" o pessoal que se comunica pelos fóruns, blogs e demais, andam meio exaltados! Ou vai ver é porque não estão "hedgeados" hehehe

      Apenas manifestei meu post visando complementar sua linha de raciocínio no caso do stop no índice.

      Eu iniciei minha carteira aplicando o conceito do hedge em janeiro/13 porém, tenho que confessar, não recomprei nada nos momentos que fechei minhas vendas positivadas no índice. Ação que deverei adotar no momento que fechar essa minha última venda.

      Seguindo o exemplo do Rocky, vou publicar meus resultados.
      Considerarei um capital inicial fictício.
      O perfil da minha carteira não é acumulação.
      Tenho como primeiro objetivo rentabilizar (engordar o porco).
      Meu benchmark é o Ibovespa.

      Em breve, se tiver interesse em acompanhar, essas informações estarão no blog alquimistatrader.

      Excluir
    2. Blz Alquimista!

      Complementando a resposta sobre o mercado subir e estarmos protegidos.
      Alterei a fórmula do Nelson para:

      P = ( Q x V ) + d + c, onde c = caixa em dinheiro

      E nesses casos conforme o c vai diminuindo, o (Q x V) vai aumentando na mesma proporção (na maioria das vezes). Foi isso que comentei no post: "metade dos stops são no 0x0" em 11/jan/2012.


      Parabéns pela iniciativa do blog já atualizei na minha lista.

      Abraço, seja bem vindo e obrigado pela participação!

      Excluir
  9. Rocky, Nelson e Alquimista, saudações!!!!

    Acompanho o Rocky a muito tempo, mesmo antes do blog, e adoro o método. Aproveito a oportunidade para parabenizá-lo novamente. Por motivos pessoais, tive que parar com o hedge e tentei voltar este ano.

    Devido a minha atividade profissional, o meu tempo ficou reduzido e só posso operar pelo gráfico diário.

    Em março voltei a operar, mas tomei muitos estopes pelo diário e isto me assustou fazendo com que eu perdesse todo este movimento de baixa. Eu comecei a operar e tentei inovar usando a MME9 com o envelope +3 pelo diário e sai no dia 31/05. Como o mercado voltou só um pouco e cai de novo, fiquei sem reação e perdi o movimento. Eu ACHEI que não ia cair mais e fiquei com medo de tomar mais um estope.

    Algum de vocês já operou pelo diário com bons resultados? Neste caso da minha saída no dia 31/05 pois fechou fora do envelope +3, quanto eu deveria ter entrado novamente? Fiquei com receio pois teria que iniciar uma venda já com um afastamento de +3%.

    Portanto,gostaria de solicitar a ajuda de vocês que são mais experientes para que eu possa refinar o método pelo gráfico diário. Desde já, agradeço a atenção de todos vocês e me comprometo a trazer os meus resultados em breve.

    Um abraço,

    Eduardo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Blz Dudu!

      Dei uma olhada neste ano pelo Diario com as BB e MMA20 os trades contra tendência utilizando o FF/FD mais atrapalharam do ajudaram não é?
      Como só caímos desde Janeiro teria sido melhor não fazê-los. Mas é assim mesmo, tem que ter muita paciência e disciplina, mesmos requisitos para os trades.

      Mas perceba que pelo exposto no comentário anterior, qualquer setup meia boca fica um bom setup ao consideramos conjuntamente a carteira + as operações no mini.

      Recomendo muito backtest, prefiro os manuais, pra pegar confiança antes de começar pra valer.

      SDS

      Excluir
    2. Olá, Rocky.

      Obrigado pela força. Tenho certeza que vou achar o meu caminho.

      Continuo na briga.

      Obrigado.

      Um abraço,

      Eduardo

      Excluir
  10. Ganhando 50% a.a nos últimos 13 anos já deu pra ficar BILIONÁRIO né???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Troll!

      Eu só utilizo o método desde 2010, antes disso dependia muito de sorte/azar, recomendação de analistas, achismo, etc...
      Acompanhava a manada.

      E mesmo que estivesse conseguindo...
      50% em 13 anos resultam numa valorização de "apenas" 194 vezes o capital inicial. Não daria pra ter ficar BIlionário nem começando com um milhão.
      Ainda existe a questão de rebalanceamento patrimonial entre RF, RV e imóveis e muito mais coisa envolvida na gestão patrimonial.

      Se tiver interesse eu comentei ao longo dos posts.

      SDS e obrigado pela participação.

      Excluir
  11. Eduardo!

    Todos os testes que efetuei nos meus métodos para operações em futuros, os resultados diários em relação aos resultados semanais foram muito parecidos ou ligeiramente piorados.

    Como a idéia é Carteira de ações e não ficar "treidando" o mercado, elegi o gráfico semanal como o time-frame mais ideal. Nesta mesma linha de raciocínio, meu trabalho resume-se então em estar ligado ao mercado nos fechamentos semanais ou ainda suas aberturas.

    Esse ruído gerado pela volatilidade diária ou ainda intra-diária fica bem menos sensível o que acabou traduzindo em um número menor de trades e consequentemente um nível de stress operacional menor.

    Reitero ainda que os custos operacionais, que para muitos passam despercebidos ora limitam-se em considerar apenas os resultados brutos dos modelos, ficaram consideravelmente menores e também contribuiram para melhorar o rendimento líquido da carteira.


    boa caçada!

    Alquimista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Alquimista, alguns colegas me mostraram que o semanal é mais consistente que o Diario e talvez mereça nossa atenção.

      Num dos cursos que fiz na L&S o Stormer comparava os prazos com o jogo de tênis, ele dividiu os participantes entre:
      - fundista: aproveitando as bolas longas, tendo tempo pra pensar e preparar as jogadas, jogando com muita consistência. Seria o prazo SEMANAL.

      - rede: jogador bem mais ativo, jogando de voleio, rebatendo várias bolas, etc... Mais energia, mais jogadas, porém mais exposto aos movimentos curtos. Seria o prazo de 60 MINUTOS.

      - e o Diario? Seria o jogador que fica no meio da quadra, não pega nem as bolas longas e nem as curtas...


      Como tenho tempo livre durante o dia me especializei no intra-day e acho difícil voltar ao semanal. Disse algumas vezes no blog que o considero muito lento e que os stops caros me assustam um pouco. Mas pode ser puro vício de quem está focado no intra-day.

      Mas lembro bem dos meus estudos, gostava bastante de misturar time-frames para refinar algumas entradas/saídas antecipando contra a tendência do período maior.

      No caso do semanal os melhores resultados eram pelo Hi-Lo 6 períodos no semanal (sempre no IBOV) pra me mostrar a tendência. E filtrava algumas antecipações pelo Diario olhando candles de reversão sobre as Bandas ou mesmo pela AT clássica.

      A lógica era:
      HiLo vermelho no semanal = PROTEGIDO, porém caso houvesse uma esticada no Diario buscando as Bandas inferiores eu aguardava algum candle de reversão altista e podia encerrar antes.
      Stop (reentrada) na mínima do candle.
      Ao menor sinal de dúvida do que fazer (normalmente quando batia na Banda central ou mma20), se o HiLo no semanal continuasse vermelho eu reabria novamente.

      Difícil e demorado de fazer backtests com dois time-frames, mas talvez seja mais rentável e encurte um pouco os stops doloridos que me atrapalham tanto no semanal. Mesmo com aquele conceito que disse anteriormente, da cartiera estar crescendo também e eles saírem praticmaente no 0x0... mas da dó...rs

      SDS

      Excluir
    2. Complementando o exemplo:
      Com o HiLo no semanal verde = NEUTRO , carteira sobe livremente.

      Mas caso houvesse uma esticada pelo Diario, lá nas Bandas superiores, ficava atento a candle de reversão baixista e podia antecipar a abertura do hedge. E ao menor sinal de dúvida do que fazer (idem; normalmente na Banda central) consultava o período maior e se o HiLo estivesse verde encerrava o hedge e aguardava.

      SDS

      Excluir
    3. Olá, rocky e Alquimista.

      Eu tentei fazer alguns backtests no semanal, mas o que realmente me assustou foi o tamanho dos stopes, principalmente, quando o mercado fica lateral.

      Alquimista, você consegue conviver bem com o gráfico semanal em momentos laterais? Ainda não encontrei o caminho para suavizar estes momentos. Algumas vezes eu teria que até vender os ativos pois o dinheiro em caixa não bancaria o stop.

      Mas continuo na luta e sei que conversado e trocando ideias, vamos melhorando.

      Um abraço,

      Eduardo

      Excluir
    4. Olá Eduardo, tudo bem?

      Então, eu tenho stop nessas vendas.
      Meu stop é calculado a cada semana com base na pontuação que faria o MACD virar pra cima.
      Desta forma, o stop vai ficando cada vez mais barato conforme o período posicionado for passado.
      Existem casos, a maioria das vezes, que o stop não é acionado e chega o momento de processar a saida do trade. Neste momento, realizo do lucro ou o prejuizo.

      Costumo deixar algo por volta de 7% a 15% em caixa líquido ou ainda aplicado D+0 (resgate rápido).
      Esse montante até hoje atendeu os stops loss.
      Caso não seja suficiente, fatalmente terei que aportar mais capital ou me desfazer de algumas ações, isso faz parte do jogo.

      Com o lucro, faço novas entradas aumentando posições ou alocando em novos ativos. (problema fácil de resolver kkkk)

      Nos momentos mais lateralizados, o loss ou o gain costumam ser mais curtos e mais rápidos e ainda, com uma tendência lateral estabelecida, não é prudente você utilizar Beta de 1 para calcular o nr. de contratos à vender e sim, calcular o nr. de contratos baseado no beta da carteira (que no meu caso é sempre ligeiramente menor que 1, ex. por volta de 0,78).

      Tendo uma carteira com Beta < 1, a agressividade do hedge não é tanta e contribui para você pagar menos quando ocorrer o loss.

      Veja a formação da carteira para acompanhamento em: alquimistatrader.blogspot.com.br

      abraço,

      Alquimista

      Excluir
    5. Alquimista, tudo bem?

      Agradeço pela atenção. Seus comentários vão me ajudar. Realmente, em mercados laterais temos que ser menos agressivos.

      Entrei no seu blog e quero te parabenizar pelos resultados. Isto só me estimula a estudar mais e encontrar um caminho melhor para mim.

      Vou analisar com calma o gráfico semanal.

      Obrigado,

      Eduardo

      Excluir
  12. Eduardo, também estou com o mesmo problema que vc: definir o método.

    Gosto muito da estratégia do Rocky e, depois de um tempo afastado do mercado (sem fazer trades), resolvi usá-la para proteger a carteira de LP. Pareci de fazer trades e gostaria de me especializar apenas no hedge pelo ibov ou winfut.

    O problema é que tenho testado algumas formas de operar (ex: hilo8 no ibov), mas não tenho encontrado tão bons resultados nos meus backtests.

    Eu preferia até usar um setup no winfut do que no IBOV, pois assim seria mais fácil deixar os stops automáticos e fazer outras coisas no dia além de acompanhar o mercado.

    Tenho estudado muito o hilo e o estocástico, mas sem conclusões.

    Se vc quiser, podemos manter contato para tentar estudar um método e ultrapassar esta dificuldade de definir o setup a ser usado.

    E se mais alguém quiser colaborar, podemos fazer um grupo de estudos.

    abs

    Leandro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Blz lebatis! Vamos conversando.

      Mas pensem no seguinte pra simplificar o sistema (pensando num prazo mais longo): NÃO PRECISA DE SETUP PERFEITO!

      - se as boas empresas estão dando lucros elas estarão sempre em alta, o que já corresponde a aproximadamente 15% ao ano de crescimento nominal (seja na forma de dividendos ou refletida na valorização da ação).

      - otimizando pela AQ já reduz um pouco o risco e aumenta este retorno

      - se rebalancearmos logo comprando mais ações, capitalizamos o crescimento das empresas,

      Logo:

      - qualquer setup meia boca que nos der uns 1 mil pontos por mês já seriam algo em torno de 2% ao mês para novas compras. Capitalizando são 27% ao ano.

      Mais os itens anteriores chegamos fácil nos 50% ao ano.

      Isso mesmo! Fácil! Estudem.

      SDS

      Excluir
  13. Muito bom Srs! A idéia com o blog desde o início era essa mesmo: estimular a discussão pra ver no que podemos melhorar.
    Agora vejo excelentes oportunidades com bastante gente experiente e competente participando. Vamos continuar.

    SDS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leandro,

      Vamos trocar uma ideia sim. Acho muito bom para podermos crescer.

      Não sei como funciona aqui no blog, mas quero o seu e-mail para trocarmos mais ideias para operar no diário ou semanal.

      Tentei fazer uma adaptação do método do Rocky para o diário, mas por ironia não fica bom quando o mercado desce a ladeira como agora. Acabo saindo muito cedo.

      Aguardo o seu contato.

      Um abraço,

      Eduardo

      Excluir
    2. Eduardo

      Também estou utilizando o método, acompanho pelo diário, e nesta queda com FF/FD fui pego duas vezes, no dia 04/06 (stop mais curto) e no dia 14/06, (stop mais dolorido, digo, longo).

      Acredito que aqui a melhor maneira é deixar um stop (boleta de compra) caso o mercado continue a seguir a MM 20 para baixo e vice-versa.

      Exemplo REAL. no dia 31/05, depois do 3o dia esticando até a banda inferior FECHOU FORA.
      No dia 03/06, o candle FECHOU DENTRO com pavio de força compradora, a mm20 estava para baixo (mas ainda meio lateral), não tive dúvidas encerrei o hedge na abertura do dia 04/06 em 54000.

      MEU ERRO:"tinha certeza que retomaria a alta", acabei não colocando uma ordem de venda mais abaixo STOP. (FALTA TOTAL DE DISCIPLINA). Com isso no dia 05 fechou 1200pts abaixo da minha venda, ou seja, deixei de ganhar no hedge e minha carteira ficou mais "pobre" em valor de mercado.

      Neste exemplo se eu tivesse colocado uma ordem de venda 500pts abaixo de onde encerrei o hedge, ou seja, 53500, só no dia 05 teria em caixa 700pts a mais e dai por diante deixaria rolar até dia 13, quando fechou dentro.

      CONCLUSÃO: posso ter me enrolado um pouco para explicar, mas com esta queda aprendi que o correto é não ficar ACHANDO.... . O Correto é abrir o HB, olhar o gráfico e seguir sem subjetividade, sempre com stop para cima se o hedge esta aberto ou para baixo se a carteira estiver desprotegida, sendo assim PERDE-SE menos pontos possíveis.

      Melhor para a carteira e melhor para o consciente, pois abrir o HB e ver quedas de mais de 1000pts e não aproveitar nem 300, doi.

      Pelas minhas contas minha falta de disciplina só nesta queda de junho me custou uns 3000pts a menos na conta.

      Abraço

      Excluir
    3. Olá meu caro Rocky.

      Gostaria de elogiá-lo por compartilhar sua estratégia conosco. Desde q tomei conhecimento dela, se tornou meu único método de investimento.

      No entanto, como ainda estou na fase de montagem da minha carteira, estou com dificuldades de selecionar ativos. Até entrei em contato com um site q vc indicou para esse fim (análise fundamentalista e quantitativa) porém o serviço deles não está disponível há um tempão. Nesse aspecto, teria outra alternativa a indicar? Quero selecionar ativos de crescimento e de dividendos.

      Uma coissa no entanto não entendo. Observando sua carteira, observo uma grande quantidade de ativos. Não seria complicado fazer esse controle quantitativo? A menos q esse controle seja feita a título das categorias (crescimento e dividendos) de ativos. É isso?

      Para se ativo de crescimento vc considera q critérios? E para dividendos?

      Para analise quantitativa vc usa Markowitz? Para as categorias de ativos ou indivdualmente?

      Obrigado.

      Excluir
    4. Tadeu,

      Você não precisa de uma estratégia complexa para abrir ou fechar o hedge, quanto mais simples melhor, voce só precisa ter uma e segui-la.
      E uma dica! NA DUVIDA, ABRA O HEDGE! (ajustado pelo beta) e durma tranquilo.

      Pessoal, em tendencias de baixa como estamos, temos um monte de especuladores pagando altas taxas para alugar nossas ações, hoje mesmo coloquei um monte pra alugar a taxas de 5,6,8% e até 20% a.a.

      Vamos fazer a lição de casa ...

      Abraços.

      Nelson

      Excluir
    5. Nelson, Tadeu e demais amigos,

      Estou aprendendo a duras penas que eu tenho que seguir somente o meu plano e não me importar com o resto.

      Passei pelo mesmo problema do Tadeu simplesmente porque não tinha definido o que fazer em uma situação corriqueira do mercado. Perdi praticamente todo o movimento de baixa por ACHISMO. Não tenho conhecimento o bastante, não tenho informações privilegiadas, não tenho nada que me dê base para ACHAR alguma coisa. Realmente, mas uma vez o mercado me mostrou que tenho que seguir um plano e esquecer do resto.

      Agora, concordo com você Nelson, temos que estar protegido, mesmo que isto possa gerar um stop que nos leve a vender um pouco de ativos. No longo prazo é que vamos ganhar.

      Nos últimos dias, tenho estudado muito e feito dezenas de backtests para chegar em uma forma de atuar que seja adequada ao meu perfil e ao meu tempo. Evolui bastante com os comentários de todos vendo os meus erros se repetindo nos outros e formas simples de atuar que eu era resistente. Aproveito a oportunidade para agradecer a todos pela troca de experiências.

      Um abraço,

      Eduardo

      Excluir
  14. É isso mesmo pessoal: na dúvida abram o hedge.

    Sei que é difícil ver o dinheiro saindo da conta nos ajustes com o mercado subindo, mas a carteira estará se valorizando.
    Mesmo que isso signifique ficar negativo e vender algum ativo pra pagar os ajustes, é a melhor coisa a fazer enquanto a situação não estiver bem clara para o seu setup.

    Mas o principal é a questão mental para seguir o setup à risca conforme os colegas já comentaram.

    Obrigado a todos!

    SDS

    ResponderExcluir
  15. Faltou responder ao colega ros sobre AQ.

    Realmente a alocação dos ativos é uma arte e não uma ciência exata. Assim como é a AF.

    Quando o otimizador funcionava eu fazia assim:
    - jogava nele todos os ativos que gostaria de ter ao longo do ano,
    - elegia de forma bem subjetiva qual a quantidade de gostaria de ter dos ativos principais (exemplo: aumentar 30% na quantidade de ações dos principais ativos este ano)
    - travava as quantidades dos principais
    - selecionava a relação risco/retorno mais adequada para mim e utilizava a proporção dos ativos como base de apoio.

    A partir dela desenvolvia meu planejamento.

    Mas conforme foi comentado em outros posts a carteira bem montada pela AF será quase sempre defensiva, consequentemente com retorno baixo se comparado ao ibov. E como não dá pra considerar o hedge devemos somente utilizar como estratégia complementar.

    Pior agora que não temos o otimizador da Eugenio e está difícil conseguir fazer no Excel. Então estou utilizando cada vez menos e seguindo os conceitos de Markowits meio no "feeling".

    Mas você já respondeu bem na sua pergunta: com vários ativos bem selecionados pela AF e bem distribuídos entre setores fica bem mais fácil acertar mais do que errar.

    SDS

    ResponderExcluir
  16. Pessoal, achei que tinha respondido, mas houve algum problema com meu post.

    Vou testar alguns modelos no final de semana.

    Quem quiser participar, meu email é lebatis@gmail.com

    Quero agradecer ao rocky por compartilhar a sua idéia e modelo. Abriu bastante os meus olhos.

    Estou querendo definir um setup que possa contar stars e stops automaticos, para os momentos em que não estarei na frente do PC.

    Vou fazer alguns testes, inclusive no winfut semanal

    abs

    Leandro

    ResponderExcluir
  17. Uma diferenças entre ter uma carteira de ações ao invés de índices é que vendendo menos de 20 mil no mês não paga IR... Mas nesses 20 mil estão inseridos operações com mini índice??? Ou 20 mil apenas na venda de ações???
    Desde já agradeço, Abraço, Bernardo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Bernardo!
      Os ETFs têm a desvantagem de não contarem com esse incentivo e ainda atrapalham se os movimentarmos. Já que mesmo não passando de R$20 mil na movimentação em ações, as movimentações com BOVA11 contam no limite de R$20.

      Já em relação aos mini isso não ocorre, pode movimentar quanto quiser que não atrapalha o incentivo fiscal. Pela legislação eu tive dúvidas então consultei o pessoal do calc1 e me responderam dessa forma. E utilizando o sistema no meu controle de IR percebi que funciona assim também.

      SDS

      Excluir